Destaques

Entre as Pausas das Músicas que Ouvi

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018
Por Carol Estacio,

Foto via, weheartit
A música deveria estar alta naquele momento, mas já faz um tempo. Na realidade nem me recordo daqueles acordes, naquele instante lembro-me de tê-lo visto parado na porta e dos passos que dei até você, nada mais ao meu redor tinha som, além do leve ruído no meu sorriso. Foi quando nossos olhares se encontraram e para falar a verdade, na minha memória, só existíamos nós, até você por impulso me acordar daquele transe de um jeito maluco.

De todas as músicas que ouvi como poderia eu imaginar que você daria sentido aquela que eu amava escutar e sabia que um dia teria uma importância enorme na minha vida? Como poderia imaginar que tempo depois cada lembrança, mesmo que remota, de nós dois faria tanto sentido?

Das vezes que minha atenção voltou-se inteira para você as que eu não consegui te encarar, são os pequenos detalhes de uma história construída nos gestos discretos de um grande sentimento.

Sempre passei pelos caminhos que percorreu, talvez não tenha percebido e nem eu. Mas lembro de quando a vida me disse que havia guardado um presente para mim, daqueles que você ganha só quando cresce porque é capaz de entender que tudo tem um tempo certo para acontecer. Ela disse: “Guarda todo esse carinho em seu coração, não desperdice o amor que seus pais lhe ensinaram a dar... Quando for mais velha, vai ver que valeu a pena esperar.”.

Sinto como se tivesse te esperado em casa enquanto viajou por anos. Sinto como se também precisasse ter viajado durante esse tempo, para que pudesse cuidar de você quando voltasse para a casa.

Então entendi cada estrofe das músicas que adoro ouvir, você estava sempre descrito ali... E hoje percebo que cada pequena letra que hoje faz sentido, era como uma carta sua dizendo que logo estaria aqui.

Comentários via Facebook

2 Comentários:

  1. Adorei o seu blogue

    https://coisasdecrespasoficial.blogspot.com/2018/01/contominhahistoria-1.html

    ResponderExcluir