Destaques

A dica capilar que ninguém te contou

domingo, 24 de setembro de 2017
Por Carol Estacio,

Hoje a gente vai conversar sobre cabelo, mas de um jeitinho diferente. Porque quando o assunto é: cuidados com o cabelo, hidratação, dicas para ter o cabelo perfeito..., dentre tantos outros temas, a gente sempre faz indicação de produtos, como usa-los, o que é melhor para cada tipo de cabelo e tudo isso esta certo. É realmente importante conhecer o nosso cabelo e saber exatamente como cuidar dele, ter os produtos certos em casa e usa-los direitinho. Mas tem um tipo de cuidado que, acredito eu, pouco se fala e que talvez seja um dos mais importantes que a gente precisa ter: o cabeleireiro.


Por quantos salões você já passou em toda a sua vida? Acredito que muitos e quem nunca, não é verdade? E comigo não foi diferente, a não ser por uma exceção: a primeira vez que cortei o cabelo, tinha um aninho de idade e graças a minha mãe já tinha encontrado o cabeleireiro que cuidaria de mim. Isso não significa que todos os anos, até hoje, eu tenha ido sempre nele, até porque a vida às vezes nos faz trilhar alguns caminhos diferentes, o que é perfeitamente normal e por esses caminhos tive a oportunidade de conhecer pessoas que me proporcionaram muitas alegrias e aprendizados e até hoje sou muito grata. Mas olha só, amiga, quando o destino já escolhe o nosso caminho, não importa por quantos lugares você tenha andando, você sempre voltara ao lugar onde seu coração se sente em casa.


A dica de beleza de hoje é muito especial exatamente por isso, porque falar de alguém que sempre cuidou bem de você é muito importante. Talvez você já tenha ouvido falar dele, tenha o visto na TV, no programa Mulheres, ou no seu novo espaço na TV com o programa: Sempre Bela, na gazeta. E caso você tenha ido a Beauty Fair, também deve ter visto ele. Meu cabeleireiro é o Sylvio Rezende, a primeira pessoa que cortou meu cabelo, que me enchia de alegria quando falava que eu era parecida com a Sandy, que me arrumou para os meus quinze anos e que sempre me recebe com um sorriso no rosto, um abraço apertado e um trabalho impecável. Hoje não é mais Sandy, mas também quem não ama o cabelo da Marina Ruy Barbosa?

E quando a gente se propõe a frequentar um salão por tanto tempo é porque sabe que o resultado final sempre será satisfatório, afinal o bom cabeleireiro não é aquele que faz tudo que você quer sem questionar, mas sim aquele que te deixa linda sem prejudicar a saúde dos fios e te dá toda atenção e cuidado para você ter o cabelo perfeito que sempre sonhou. E ó, ele não trabalha sozinho, mas quando é bom mesmo reflete em toda equipe e assim todos caminham juntos.

(Ninguém sai sem saber que o Thiaguinho disse que queria deixar meu cabelo um "bapho" e cumpriu a promessa.)

Mais importante do que ter tantos produtos em casa é ter para onde ir num sábado à tarde e deixar fazer essa carinho no cabelo que no fim, reflete na alma. Porque ele sempre vai ter as melhores dicas para te dar e ai sim, você vai poder fazer alguns tratamentos em casa também.

Então ó, dica para a vida: cuidar do seu cabeleireiro também é cuidar do seu cabelo, é cuidar da autoestima é ter um amigo para a vida.

Comentários via Facebook

1 Comentários: