Destaques

Você já voltou para casa hoje?

terça-feira, 25 de julho de 2017
Por Carol Estacio,

É eu sei, parece estranho fazer essa pergunta nas primeiras horas do dia, quando todos estão provavelmente trabalhando ou se arrumando para sair. Mas é que na verdade, esta, não é uma pergunta literal. Com ela eu quero dizer: A quanto tempo você não volta, de corpo e alma para casa? É que as vezes faz parecer que nos perdemos dentro de tantos pensamentos, diários e constante. Nos perdemos dentro da nossa própria rotina, nos cobramos por nós mesmos e as vezes pelos outros e no fim estamos sufocados de tanta coisa que talvez não faça sentido algum e vamos ficando assim, tal como parágrafos sem vírgulas ou pontuação. Mas tudo bem, agora respira.



Voltar para casa, talvez seja se reconectar consigo mesmo, se redescobrir. Talvez seja poder olhar a sua volta e sorrir, assim mesmo, sem motivo algum ou com todas as razões do mundo. É quando até o vento que bate te faz lembrar de um momento bom, ou te permite curtir aquela pequena brisa. 

Voltar para casa pode ser também colocar aquela música que te faz dançar, que você tenha vontade de cantar ainda que faça isso com menos frequência do que desafine, mas tudo bem. Você esta em casa, não esta? 

Talvez seja dar as coisas a devida dosagem de importância que elas realmente tem e deixar todo peso extra do lado de fora. A gente não deixa lixo dentro de casa, deixa?

Ei, volta para casa, não haverá lugar melhor no mundo, ou talvez descobrir o mundo seja a sua casa, mas você só vai saber se permitir-se voltar e se reencontrar. Não deixe que os sonhos se percam naquela esquina que você equilibrava o café e o celular, ou naquela decepção que lhe fez chorar. Muito menos nas brigas que não lhe levaram a nenhum lugar.

Aproveita que está mais friozinho mesmo, reencontre o lugar que vale a pena se esquentar. Curtir aquele momento, ler aquele livro e quem sabe até, ousar em não fazer nada, seja por um dia ou uma hora. Olha, eu não sei como será o seu dia hoje, mas independente de qualquer coisa, não esquece de voltar para casa, por inteiro. De corpo, alma e pensamento.


Comentários via Facebook

0 Comentários:

Postar um comentário